RUA DA REPUBLICA 235 CENTRO
CEP 58.010-180 JOÃO PESSOA - PB
FONE:
(83) 3031 2903
FAX: (83) 3031 2903
EMAIL:
sindacs.pb@hotmail.com

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE PODERÃO COMPRAR BICICLETAS E MOTOCICLETAS COM PREÇO REDUZIDO!


Agentes comunitários de saúde poderão comprar bicicleta ou motocicleta com mais de 25% de desconto caso projeto de lei do senador João Vicente Claudino (PTB-PI) seja transformado em lei. A proposta visar isentar esses bens do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), bem como da contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre a receita bruta decorrente da venda, no mercado interno.

A proposta (PLS 412/09) está em exame na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e será relatada pelo senador Sérgio Guerra (PSDB-PE). Posteriormente a matéria será encaminhada à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), na qual receberá decisão terminativa.

De acordo com o projeto de Claudino, a isenção de IPI será aplicada a bicicletas classificadas nas posições 8712.00.10, bem como a motocicletas de cilindrada inferior ou igual a 125cm³, classificadas no código 8.711.20.10 da Tabela de Incidência do IPI, aprovada pelo Decreto nº 6.006/06, desde que adquiridas por agentes comunitários de saúde. Tais bens também terão reduzidas a zero as alíquotas da contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins.

A intenção, ressaltou o senador na justificação da proposta, é beneficiar os agentes comunitários de saúde com o barateamento desses meios de transporte, que precisam se deslocar constantemente a áreas rurais ou periferia das cidades. João Vicente Claudino informou que a isenção desses tributos poderá reduzir mais de 25% o preço final dos bens.
“A prestação de assistência à saúde, principalmente à população de baixa renda, está, cada vez mais, vinculada ao trabalho do agente comunitário de saúde. Fora de qualquer dúvida, trata-se de uma atividade importante e meritória, com a qual se está logrando não apenas multiplicar os esforços dos profissionais da saúde, levando sua orientação a um número maior de pessoas, mas também a mudar a própria cultura popular no que se refere aos cuidados básicos de saúde”, observou o senador.

Na oportunidade em que os membros da diretoria executiva e coordenadores do SINDACS-PB estiveram em Brasília na luta pela aprovação da PEC do piso salarial aproveitaram para pedir o apoio dos parlamentares para mais esse projeto que visa melhorias para a nossa categoria. Vigilantes quanto ao andamento do processo os diretores do SINDACS-PB confiam na sua aprovação, segundo o coordenador municipal do SINDACS-PB em Princesa Isabel Emanuel Rodrigues “Já estava na hora de um projeto como esse ser apresentado, pois estamos diariamente percorrendo distâncias enormes para levar uma saúde a cada cidadão e isso tornará mais prático e eficaz o nosso trabalho”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário